segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

EM DOIS DUAS, 39 MOTORISTAS NA DP E 589 ACIDENTES

ZERO HORA 24/12/2012 e 25/12/2012 | N° 17293

ÁLCOOL AO VOLANTE. Em dois dias, 39 motoristas na delegacia. Mesmo com lei mais rígida, de sexta-feira até a meia-noite de sábado foram registrados 589 acidentes

JANAÍNA KALSING

As primeiras 48 horas da Operação Viagem Segura de Natal – e nas quais já estão valendo as novas regras da Lei Seca –, 84 motoristas foram flagrados sob efeito de álcool no Estado. Com dosagens acima de 0,33 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, 39 deles foram para a delegacia após a confirmação da embriaguez pelo bafômetro.

Apesar do recrudescimento da lei, os números mostram que, até o final do feriadão, a redução de acidentes pode não ocorrer. A lei, que entrou em vigor às vésperas do Natal, prometia apertar o cerco contra a embriaguez ao volante. A expectativa era de que uma investida maior no bolso do condutor e a ampliação dos meios para comprovar a infração tirassem de circulação quem dirigisse sob o efeito do álcool, resultando na redução do número de acidentes em ruas e rodovias.

Porém, de sexta-feira até sábado à meia-noite, o número de acidentes já somava 589, com 10 mortes e 283 feridos. Além disso, já se contabiliza 36.305 veículos fiscalizados, 4.197 infrações registradas, 482 veículos recolhidos e 115 documentos de habilitação retidos. Segundo o presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Alessandro Barcellos, os números impressionam.

– São números que impactam, ainda temos muito feriado pela frente. Felizmente, o tempo está bom, o que facilita o deslocamento. Mas é importante ficar atento, porque há previsão de mudança no clima – alerta Barcellos.

A partir da nova lei, autoridades podem se valer de testes clínicos, vídeos e depoimentos dos policiais, além do bafômetro, para prender motoristas alcoolizados. O valor da multa dobrará de R$ 957,70 para R$ 1.915,40 e, em caso de reincidência, passará para R$ 3.830,80. Barcellos diz que os fiscais trabalham com notebooks e tablets, o que facilita provar o estado etílico do motorista. O desafio é “qualificar a prova”.

– Nossa ideia é profissionalizar os processos, comprando câmeras para filmar todas as abordagens e criar um banco de dados com imagens de cada operação. Assim, daremos mais transparência aos processos – acredita o presidente.

Alessandro Castro, assessor de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), avaliou como positivo o impacto da nova lei, já que a maioria dos motoristas não se negou a fazer o teste do bafômetro. Na madrugada de sábado, a PRF prendeu o primeiro condutor aplicando as novas regras. O flagrante de embriaguez ocorreu em Estrela, no km 351 da BR-386, no Vale do Taquari. Um motociclista de 21 anos tentou fugir da viatura da PRF e se negou a assoprar no bafômetro, mas através de prova testemunhal e termo de constatação de embriaguez, foi preso e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, onde o delegado o enquadrou na nova Lei Seca.



Para uma viagem segura

- A volta para casa do feriado de Natal promete ser de fiscalização intensa nas estradas gaúchas. De acordo com o presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Alessandro Barcellos, são 1.119 profissionais mobilizados, com o uso de 165 viaturas, 40 radares fixos e móveis, 168 bafômetros e um helicóptero. Na viagem de volta, Barcellos orienta os motoristas a ter atenção redobrada.

- Como é período de festas, a regra número um é não dirigir sob efeito de álcool. Peça para alguém que não bebeu dirigir ou use um transporte alternativo.

- Fique atento aos limites de velocidade.

- Não se deve dirigir cansado, com sono e de forma desatenta (isso inclui falar ao celular ou escrever mensagens).

- A Operação Viagem Segura se estenderá até a meia-noite de terça-feira.



Mulher é atropelada por veículo roubado

Um casal que se deslocava para fazer compras de Natal em Alvorada, na região metropolitana de Porto Alegre, acabou atropelado por volta das 14h30min de domingo por um veículo que tinha sido roubado um pouco antes na Avenida Presidente Getúlio Vargas. Lucimara Silva de Abreu, 22 anos, foi levada ao Hospital de Alvorada, mas acabou morrendo. Luis Fernando Feijó Braga, 27 anos, ficou ferido.

O assalto teria ocorrido na mesma avenida, minutos mais cedo. O suspeito, de 28 anos, teria utilizado uma arma de plástico para cometer o crime. Antes que a vítima pudesse registrar o roubo de sua caminhonete EcoSport, houve o atropelamento, na altura da parada 62 da avenida. Segundo a Brigada Militar (BM), o homem teria tentado “testar a potência” do veículo na via, porém perdeu o controle da direção.

O casal caminhava junto ao meio-fio no momento em que a EcoSport avançou sobre eles, conforme a Polícia Civil.

Gravemente ferida, Lucimara foi encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Braga também foi levado ao Hospital de Alvorada. Mais tarde, acabou sendo transferido ao Hospital de Viamão, onde chegou às 20h30min. Na madrugada desta segunda-feira, Braga passava por avaliação no setor de traumatologia do hospital. De acordo com a Polícia Civil, o casal tinha dois filhos pequenos.

Detido pela BM, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Alvorada. À noite, ele foi encaminhado ao Presídio Central, em Porto Alegre, informou a DPPA.

2 comentários:

Leandro Hasselmann disse...

O pior é sabe que amanha depois esse desgraçado ta solto para fazer mais vitimas no transito quem vio uma cena iqual a essa nunca mais esquece vagabundo.
Esse inrresponsavel distruio uma familia na vespara de natal,deixou dois filhos sem mãe esse cara não vale nada apodrece na cadeia é o minimo desgraçado...

Leandro Hasselmann disse...

Desgraçado infeliz assasino....